LINHA DE NUTRIÇÃO: SITE DA NATURAL
Vendas WhatsApp
TELEVENDAS: 49 2020 0392

ACERVO CIENTÍFICO | Artigos › Eficiência da homeopatia no controle do carrapato Rhipicephalus Microplus.

Autores: Ana Luiza Ribeiro de Assis Carvalho e Diego Miguel de Oliveira.
Universidade: FUNDAÇÃO ROGE
Ano: 2019

Resumo:
A bovinocultura leiteira é uma atividade que contribui significativamente para o desenvolvimento nacional, porém alguns aspectos relacionados à sanidade do rebanho podem influenciar esta cadeia produtiva, como o carrapato Rhipicephalus
microplus, que causa anualmente um prejuízo de 3,24 bilhões de dólares. Para controlar esse ectoparasita, pode-se optar por diversos tipos de controle, sendo eles: alopático, estratégico, biológico, imunológico, fitoterápico e homeopático. No estudo
realizado, a ênfase é dada na homeopatia, uma grande ferramenta para o real exercício da arte de curar e prevenir doenças nos animais, apresentando resultados eficientes e uma viabilidade econômica satisfatória. Neste estudo, foi avaliado um
plantel composto por dez animais da raça Girolando, com o grau sanguíneo de ½ a ¾, estes foram ranqueados em dois grupos (A e B) de acordo com o grau de infestação do parasita. Para contribuir com o estudo, foram coletadas 200 fêmeas do
carrapato e enviadas para Embrapa Gado de Leite onde foi realizado o teste de sensibilidade a carrapaticidas, caso houvesse uma interferência no bem-estar animal, seria administrado o produto alopático de maior eficiência. O grupo A recebeu dez
gramas do produto homeopático e o grupo B serviu apenas de comparativo. Os animais foram avaliados durante seis meses com contagens semanais dos exemplares de Rhipicephalus microplus, sempre no antímero direito contando fêmeas
com diâmetro entre 4,5 e 8,0 mm. Foram coletadas dez parasitas de ambos os grupos no início e no final do estudo e mantidas em estufa a 27°C para que pudesse ser observado após a postura o desenvolvimento dos ovos. O grupo tratado pelo
medicamento homeopático obteve resultados satisfatórios, ou seja, em comparação com o grupo B não apresentou a eclosão dos ovos deixando-os inviáveis. É importante ressaltar que a homeopatia não exterminou completamente o carrapato dos animais do grupo A, porém manteve em condições inferiores ao grupo B.

Palavras-Chave: Carrapato. Homeopatia. Parasitas.

Voltar para ACERVO CIENTÍFICO